Formação de Professores de Português para Estrangeiros na contemporaneidade: cenários, desafios e possibilidades

Autores

  • Lucas Araujo Chagas Universidade Federal de Uberlândia – UFU
Palavras-chave: Português para Estrangeiros, Formação de Professores, Ensino-aprendizagem de PE, Internacionalização

Resumo

DOI: https://dx.doi.org/10.35572/rlr.v8i3.1445

A formação de professores de Português para Estrangeiros (PE) faz parte de uma agenda acadêmica recente desencadeada pelos efeitos da internacionalização no Brasil. Neste artigo, pretendemos trazer à tona algumas reflexões a respeito da prática docente do professor de PE bem como avaliar contextos históricos contemporâneos que deram origem a essa nova modalidade de professor de línguas no contexto brasileiro. Não obstante pretendemos apontar alguns saberes que têm se tornado fundamentais para a prática docente do professor de PE e problematizarmos a necessidade de criar cursos no Ensino Superior que formalizem a profissionalização detes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Araujo Chagas, Universidade Federal de Uberlândia – UFU

Mestre e Doutorando em Estudos Linguísticos na Universidade Federal de Uberlândia – UFU,
Uberlândia, Minas Gerais, Brasil,

Referências

AMADO, R. de S. Português como segunda língua para comunidades de trabalhadores transplantados. Brasília: Revista SIPLE, ano 2, nº 1. maio de 2011.

ALMEIDA FILHO, J.C.P. & LOMBELLO, L (orgs.) (1992) Identidade e caminhos no ensino de Português para Estrangeiros. Campinas: Pontes.

BAGNO, M.. Preconceito Linguístico: o que é, como se faz. São Paulo: edições Loyola, 1999.

CHAGAS, L. A.. Entre experiências e indícios: o ensino de português para estrangeiros em contexto de imersão linguística. 2016. 110 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) – Instituo de Letras e Linguística, Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Uberlândia, 2015.

DIAS, M. A. R.. Cooperação interuniversitária em tempo de globalização uniformizante. In: Anais do I Forum Latino-Americano de Educação Superior. Foz do Iguaçu, 17 e 18 de nov. 2004. Disponível em: < https://flaes.unila.edu.br/sites/default/files/Painel%201%20-%20Marco%20Antonio.pdf > . Acesso: 10 de fev. 2016.

DIAS, M. A. R.. Dez anos de antagonismo nas políticas sobre ensino superior em nível internacional. Educação e Sociedade. Campinas, SP, v.25, n.88, p.893-913, out. 2004. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 12 mar. 2013.

DURHAM, E.. O sistema federal de ensino superior: problemas e alternativas. In. Revista Brasileira de Ciências Sociais, Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS), v. 8, n. 3, p. 5-37, out. 1993.

HUDZIK, J. Compreensive Internationalization: Internationalization in higher education. New York: Routledge, 2015.

FAULSTICH, E. Planificação Linguística e problemas de Normalização. São Paulo: Revista Alfa, 42ed. nº esp. p. 247-268. 1998.

LIMA, A. B.; FREITAS, D. N. T. Políticas Sociais e Educacionais: Cenários de Gestão. Uberlândia: EDUFU, 2013.

MARTIN, R. E. A.; BRASIL, W. Relatório Final: Internacionalização da Educação Superior no Brasil. Belém: Associação de Universidades Amazonicas, 2004. 101 p.

MOITA-LOPES, L. P. Por uma linguística aplicada indisciplinar. São Paulo: Parábola, 2006)

MOROSINI, M. C.. Estado do conhecimento sobre internacionalização da educação superior – conceitos e práticas. Educar. Editora UFPR: Curitiba, n.28, p. 107-124, 2006.

QIANG, Z. Internationalization of higher education: towards a conceptual framework. In Policy Future in Education, vol. 1 nº2, 2003.

ROTTA, A. M. Do intercultural ao desenvolvimento da competência intercultural na formação de professores de Português Língua Estrangeira. 2016, 319 f. Tese de Doutorado (Estudos Linguísticos, literários e tradutológicos em francês). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, 2016.

SCHOFFEN, J. R.; MARTINS, A. F. Políticas linguísticas e definição de parâmetros para o ensino de português como língua adicional: perspectivas portuguesa e brasileira. ReVEL, v. 14, n. 26, 2016

Downloads

Publicado em

10 de outubro de 2023

Como Citar

CHAGAS, L. A. . Formação de Professores de Português para Estrangeiros na contemporaneidade: cenários, desafios e possibilidades. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 8, n. 3, p. Port. 87–111 / Eng. 85, 2023. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/1429. Acesso em: 15 abr. 2024.

Seção

A formação de professores de línguas na contemporaneidade: cenários, desafios e possibilidades