Transdisciplinaridade e Dialogismo como fundamentos na ação docente: uma proposta para aula de leitura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.10436205
Palavras-chave: Transdisciplinaridade, Dialogismo, Linguagem, Ensino

Resumo

Mesmo diante das inovações advindas da contemporaneidade, ainda há muito o que avançar para alcançar uma educação pautada na universalidade, no debate socioideológico, no pluralismo de ideias e na complexidade do pensamento humano. Dessa feita, o presente trabalho tem por objetivo refletir como as contribuições teóricas aqui apresentadas podem subsidiar o fazer pedagógico do professor, ao conceber a linguagem como processo de interação social, conforme defende o Círculo de Bakhtin. Para tanto, é feita uma revisão bibliográfica das discussões de Nicolescu (2000), o qual discute o princípio da transdisciplinaridade, das reflexões de Morin (2010), quanto à teoria da complexidade e dos saberes necessários à educação do futuro, além das questões voltadas à teoria dialógica da linguagem proposta pelo Círculo Bakhtin (1988 [1975]; Volóchinov, 2013 [1930]; Medviédev, 2019 [1928]), de modo a correlacionar essas teorias à ação docente na educação básica. Em síntese, acredita-se que as discussões trazidas neste artigo poderão auxiliar o professor de Língua Portuguesa, a enfrentar os desafios impostos pela Educação do século XXI, além de contribuir para a ampliação da consciência socioideológica dos professores e professoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Felipe Pereira de Souza, Universidade Federal do Norte do Tocantins

É doutorando em Linguística Pelo Programa de Pós-graduação em Linguística e Literatura (PPGLLIT) vinculado à Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT), Araguaína-TO, Brasil. Mestre em Letras pela Universidade do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA). É professor do quadro efetivo da Secretária de Educação do Estado do Pará (SEDUC-PA).

Referências

BAKHTIN, M. O discurso no romance. In: BAKHTIN, M. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Tradução de Aurora Fornoni Bernardini et al. São Paulo: Ed. UNESP, 1988 [1975]. p. 211- 362.

BEHRENS, Marilda Aparecida. Contributos de Edgar Morin e Paulo Freire no paradigma da complexidade. In: BEHRENS, Marilda Aparecida; ENS, Romilda Teodora. Complexidade e transdisciplinaridade – novas perspectivas teóricas e práticas para a formação de professores. Curitiba, APRRIS, 2015. p. 127- 142.

BIÉS, Jean. Educação transdisciplinar: perfis e projetos. São Paulo, 2008. Disponível em: http://www.ufrrj.br/leptrans/arquivos/transdiciplinar.pdf . Acesso em: 20 jan. 2023.

BRAIT, B.; PISTORI, M. H. C. A produtividade do conceito de gênero em Bakhtin e o Círculo. Alfa, v. 56, n. 2. p. 371- 401, 2012.

FREIRE, Paulo. A importância do Ato de Ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Autores Associados. Cortez, 1989.

FUZA, A. F. O conceito de leitura na Prova Brasil. Dissertação (Mestrado em Letras), Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2010, 113f. Dissertação (Mestrado em Letras) Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, UEL, Maringá. 2010.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA – INEP. Relatório Brasil no Pisa 2018 : versão preliminar. Brasília, DF, 2019.

KORTE, Gustavo. Metodologia e Transdisciplinaridade. São Paulo, 2004. Disponível em: http://www.ufrrj.br/leptrans/arquivos/korte.pdf . Acesso em: 28 jan. 2023.

MEDVIÉDEV, P. O método formal nos estudos literários. São Paulo: Contexto, 2019 [1928].

MEDEIROS, Martha. Doidas e Santas. 41ª ed. Porto Alegre: L&PM, 2015.

MENEGASSI, J. R.; CAVALCANTE, R. S. M. Conceitos axiológicos do dialogismo em programa impressa. In: FUZA, A. F.; OHUSCHI, M. C. G.; MENEGASSI, J. R. Interação e escrita no Ensino de língua. Campinas-SP: Pontes Editora, 2020, p. 99-118.

MITTERRAND, D. Carta aberta de Danielle Mitterrand, sobre a amante do marido. Certas cartas. 2015. Disponível em: http://www.artefatocultural.com.br/portal/index.php?secao=materia_complet &subsecao=17&id_noticia=103) .Acesso em: 13 de mar de 2023.

MORAES, M. C. Transdisciplinaridade, criatividade e educação: Fundamentos ontológicos e epistemológicos. Colaboração de Juan Miguel Batalloso Navas. Coleção Práxis. Campinas, Papirus, 2015.

MORIN, Edgar. Ciência com consciência. 14. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

MORIN, Edgar. Educação e complexidade: os sete saberes e outros ensaios. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO, 2011.

NICOLESCU, B. O manifesto da transdisciplinaridade. Trad. Lúcia Pereira de Souza. São Paulo: Trion, 1999.

NICOLESCU, Basarab. Um novo tipo de conhecimento: Transdisciplinaridade. In: NICOLESCU, Basarab. Educação e Transdisciplinaridade. Brasília: UNESCO, 2000. p. 13-29.

SANTOS, A. Complexidade e transdisciplinaridade em educação: cinco princípios para resgatar o elo perdido. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 13, n. 37, p. 71-83, 2008.

SANTOS, Akiko; SOMMERMAN, Américo. Ensino disciplinar e transdisciplinar: uma coexistência necessária. Rio de Janeiro: WAK, 2014.

SOBRAL, A.; GIOCOMELLI, K. Observações didáticas sobre a análise dialógica do discurso. Domínios de Linguagem, v. 10, p. 1076-1094, 2016.

VOLÓCHINOV, V. Sobre as fronteiras entre a poética e a linguística. Introdução ao problema da poética sociológica. Tradução de João Wanderley Geraldi. In: VOLÓCHINOV, V. A construção da enunciação e outros ensaios. São Carlos: Pedro & João Editores, 2013 [1930], p. 213-250.

VOLÓCHINOV, V. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. São Paulo: Editora 34, 2018[1929].

VOLÓCHINOV, V. N. A palavra na vida e a palavra na poesia: ensaios, artigos, resenhas e poemas. Tradução de Ekaterina Vólvoka Américo; Sheila Camargo Grillo. São Paulo: Editora 34, 2019 [1926].

Downloads

Publicado em

30 de dezembro de 2023

Como Citar

SOUZA, . A. F. P. de. Transdisciplinaridade e Dialogismo como fundamentos na ação docente: uma proposta para aula de leitura. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 12, n. 3, p. 11–31, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.10436205. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/569. Acesso em: 19 abr. 2024.

Seção

Artigos de temas livres