Ensino de literatura em Língua Inglesa: um diálogo com propostas metodológicas com base na Análise Dialógica da Literatura

Autores

  • Orison Marden Bandeira de Melo Júnior Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN
Palavras-chave: Ensino de literatura em língua inglesa, Análise dialógica da literatura, Sequência expandida de Cosson, Proposta dialógica de Cereja

Resumo

DOI: https://dx.doi.org/10.35572/rlr.v8i3.1499

As discussões sobre o ensino de literatura em língua inglesa no Brasil são em número bastante reduzido se comparadas com todas as pesquisas e obras voltadas ao ensino de literatura em língua portuguesa, letramento literário, entre outros. O objetivo deste artigo é discutir o ensino de literatura em língua inglesa a partir da Análise Dialógica da Literatura. Para tal, foram analisadas duas propostas de ensino de literatura em língua portuguesa, a saber, a sequência expandida de Cosson e a proposta dialógica de Cereja, a partir de seis procedimentos analíticos e de três particularidades do texto literário indicados na obra do Círculo (Bakhtin, Volóchinov, Medviédev), a fim de encontrar contribuições e/ou lacunas dessas propostas se transpostas ao ensino de literatura em língua inglesa. Foi possível perceber que, apesar das contribuições que elas trazem para o ensino de literatura, em geral, e de lacunas que se apresentam a partir dos pressupostos da análise dialógica, alguns desafios também surgem, como a questão da heterogeneidade linguística dos(as) discentes e o tempo reduzido que docentes têm para o ensino de literatura em língua inglesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Orison Marden Bandeira de Melo Júnior, Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN

Doutor em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem; docente da Universidade Federal do Rio
Grande do Norte – UFRN, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil.

Referências

BAKHTIN, M. Toward a philosophy of the act. Trad. Vadim Liapunov. Austin, TX: University of Texas Press, 1993.

BAKHTIN, M. O problema do conteúdo, do material e da forma na criação literária. In: BAKHTIN, M. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Trad. Aurora F. Bernardini et al. 5.ed. São Paulo: Hucitec; Annablume, 2002. p.13-70.

BAKHTIN, M. O autor e a personagem na atividade estética. In: Estética da criação verbal. Trad. Paulo Bezerra. 4.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. p.3-192.

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoiévski. Trad. Paulo Bezerra. 5.ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

BAKHTIN, M. O discurso no romance. In: BAKHTIN, M. Teoria do romance I: a estilística. Tradução, prefácio, notas e glossário de Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2015. p.19-241.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. Organização, tradução, posfácio e notas de Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2016. p. 11-69.

BAKHTIN, M. Fragmentos dos anos 1970-1971. In: Notas sobre literatura, cultura e ciências humanas. Organização, tradução, posfácio e notas de Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2017a. p. 21-56.

BAKHTIN, M. A ciência da literatura hoje: (resposta a uma pergunta da revista Novi Mir). In: Notas sobre literatura, cultura e ciências humanas. Organização, tradução, posfácio e notas de Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2017b. p. 9-19.

BEZERRA, P. Breve glossário de alguns conceitos-chave. In: BAKHTIN, M. Teoria do romance I: a estilística. Tradução, prefácio, notas e glossário de Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2015. p.243-249.

BRAIT, B. Análise e teoria do discurso. In: BRAIT, B. (org.). Bakhtin: outros conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2010. p.9-31.

BRASIL. Resolução CNE/CP 2/2015. Diário Oficial da União, Brasília, 2 jul. 2015, p. 8-12.

CEREJA, W. Ensino de Literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com literatura. São Paulo: Atual, 2005.

COSSON, R. Letramento literário: teoria e prática. 2.ed. São Paulo: Contexto, 2018.

FARACO, C. O problema do conteúdo, do material e da forma na arte verbal. In: BRAIT, B. (org.). Bakhtin: dialogismo e polifonia. São Paulo: Contexto, 2009a. p.95-111.

FARACO, C. Linguagem & diálogo: as ideias linguísticas do Círculo de Bakhtin. São Paulo: Parábola Editorial, 2009b.

HUGHES, L. Blessed assurance. In: HUGHES, L. Short stories: Langston Hughes. Seleção e organização por Akiba S. Harper. New York, NY: Hill and Wang, 1996. p. 231-236.

KENAN, R. The foundations of the Earth. In: KENAN, R. Let the dead bury their dead and other stories. Orlando, FL: Harcourt, Inc., 1992. p. 49-72.

MACHADO, I. O romance e a voz: a prosaica dialógica de Mikhail Bakhtin. Rio de Janeiro: Imago; São Paulo: FAPESP, 1995.

MARCHEZAN, R. A noção de autor na obra de M. Bakhtin e a partir dela. Bakhtiniana, v. 10, n. 3, p. 186-204, 2015. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/ bakhtiniana/article/view/22365/17705. Acesso em: 04 jul. 2019.

MELO JR., O. O ensino de literatura em língua inglesa no curso de Letras: uma abordagem dialógico-pragmática. Bakhtiniana. Revista de Estudos do Discurso, v. 10, n. 1, p. 87-103, 2015. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/bakhtiniana/article/view/ 20692/16670. Acesso em: 18 jun. 2019.

MELO JR., O. O ensino dialógico de literatura em língua inglesa no curso de Letras: diferentes espaços. Linguagem & Ensino, v.19, n.1, p. 145-171, 2016a. Disponível em: http://www.rle.ucpel.tche.br/index.php/rle/article/view/1456/924. Acesso em: 18 jun. 2019.

MELO JR., O. Língua e Literatura em diálogo: uma análise dialógica de El Sonavabitche de Gloria Anzaldúa e suas implicações. Calidoscópio, v. 14, n. 1, p. 145-158, 2016b. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/calidoscopio/article/ view/cld.2016.141.13/5206. Acesso em: 18 jun. 2019.

MELO JR., O. Langston Hughes e a representação do negro numa perspectiva dialógica de ensino/compreensão: uma pesquisa com alunos iniciantes do curso de Letras-Inglês. Revista Letras Raras, v. 7, n. 1, p. 241-263, 2018a. Disponível em: http://revistas.ufcg. edu.br/ch/index.php/RLR/article/view/948/592. Acesso em: 18 jun. 2019.

MELO JR. Sexualidade e religião em tensão em “The foundations of the Earth”: uma análise dialógica da heterodiscursividade constitutiva. Identidade!, v. 23, n. 1, p. 66-84, 2018b. Disponível em: http://periodicos.est.edu.br/index.php/identidade/article/view/ 3273/3052. Acesso em: 08 jul. 2019.

MORRIS, P. The Bakhtin Reader: Selected Writings of Bakhtin, Medvedev, Voloshinov. London: Arnold, 1994.

SOBRAL, A. A estética em Bakhtin (literatura, poética, estética). In: PAULA, L.; STAFUZZA, G. (org.). Círculo de Bakhtin: teoria inclassificável. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2010. p.53-88. v.1.

VIANNA, R. A linguagem pela perspectiva do Círculo de Bakhtin. Odisseia, v. 4, n. 1, p. 19-33, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/odisseia/article/view/16818/ 11297. Acesso em: 09 jul. 2019. DOI: https://doi.org/10.21680/1983-2435. 2019v4n1ID16818.

VOLÓCHINOV, V. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Trad. Sheila Grillo e Ekaterina V. Américo. São Paulo: Editora 34, 2017.

VOLOSHINOV, V. What is language? Trad. Noel Owen. In: SHUKMAN, A. (ed.). Bakhtin school papers. Oxford: RTP Publications, 1983a. p.93-113.

VOLOSHINOV, V. Discourse in life and discourse in poetry: questions of a sociological poetics. Trad. John Richmond. In: SHUKMAN, A. (ed.). Bakhtin school papers. Oxford: RTP Publications, 1983b. p.5-30.

Downloads

Publicado em

10 de outubro de 2023

Como Citar

JÚNIOR, O. M. B. de M. . Ensino de literatura em Língua Inglesa: um diálogo com propostas metodológicas com base na Análise Dialógica da Literatura. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 8, n. 3, p. Port. 222–246 / Eng. 219, 2023. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/1435. Acesso em: 15 abr. 2024.

Seção

Artigos de temas livres