Políticas Linguísticas e a mídia

Autores

  • Cristina Martins Fargetti UNESP
  • Lincon Luiz Vaneti UNESP
Palavras-chave: Mídia, Políticas linguísticas, Línguas indígenas

Resumo

DOI: https://dx.doi.org/10.35572/rlr.v5i3.695

Este trabalho busca discutir questões de política linguística no Brasil e a exposição na mídia de assuntos linguísticos, refletindo, inclusive, sobre preconceito. De Pombal aos dias de hoje, algumas decisões governamentais sobre língua(s) e variedades linguísticas são aqui abordadas. Pouco conhecidas pelo público geral, apontam, contudo, para formas de preconceito, e/ou silenciamento, de minorias e, nos tempos modernos,  podem ou não contar com algum tipo de divulgação. Discutimos o caso de veto presidencial ocorrido a um Projeto de Lei, que causou polêmica nos meios acadêmicos, em especial entre os linguistas, embora tal veto tenha tido pouca abordagem na mídia. Ele tratava de medidas para o ensino bilíngue, entre as comunidades indígenas brasileiras, valorizando suas línguas e culturas. Contudo, a mídia pode divulgar muito um assunto de interesse linguístico, como o que mencionamos de uma polêmica sobre um livro didático, apresentando, via de regra, posicionamentos preconceituosos. Assim, algumas razões são apontadas para a heterogeneidade, na mídia, no tratamento de assuntos políticos ligados à linguagem, de forma geral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristina Martins Fargetti, UNESP

Livre Docente do Departamento de Linguística da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, UNESP, SP. Líder do Grupo LINBRA.

Lincon Luiz Vaneti, UNESP

Graduando do Curso de Letras da UNESP, Araraquara. Membro do Grupo LINBRA.

Downloads

Publicado em

21 de outubro de 2023

Como Citar

FARGETTI, C. M. .; VANETI, L. L. . Políticas Linguísticas e a mídia. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 5, n. 3, p. 9–24, 2023. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/1700. Acesso em: 17 abr. 2024.

Seção

Estudos de línguas e literaturas indígenas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)