Do conto à quadrinização: impactos narrativos da transposição multimodal de La belle et la bête

Autores

  • Danielle Alves da Rocha UNIFESP
  • Ana Luiza Ramazzina Ghirardi UNICAMP
Palavras-chave: La Belle et la Bête, Transposição Multimodal, HQ, Gênero Fantástico, Gênero Maravilhoso

Resumo

DOI: https://dx.doi.org/10.35572/rlr.v7i2.1134

O presente artigo visa examinar a transposição de uma narrativa monomodal para uma multimodal, servindo-se para isso do conto maravilhoso La Belle et la Bête de Madame de Beaumont (1756) e de sua respectiva adaptação para a HQ (L’Hermenier, 2014). Para analisar o processo de transposição da linguagem literária para a quadrinização e verificar seus impactos, além dos conceitos sobre gênero fantástico, maravilhoso e ficção cientifica e tradução intersemiótica, serão utilizados como referência teórica os trabalhos de Barros (2009), Cagnin (2015), Dionisio (2011), Dondis (2003), Frase (2007), Hemais (2014), Plaza (2013), Sodré (1973), Todorov (2008)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle Alves da Rocha, UNIFESP

Graduanda em Letras (Português/ Francês) pela EFLCH/UNIFESP – Campus Guarulhos.

Ana Luiza Ramazzina Ghirardi, UNICAMP

Professora na área de língua e literatura francesas do departamento de letras da Escola de Filosofia,
Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo / UNIFESP. Pós-doutora com pesquisa
em estudos da tradução (em sua relação com o ensino) no Instituto de Estudos da Linguagem (IEL),
UNICAMP.

Referências

DIONISIO, A. P. “Gêneros Textuais e Multimodalidade.” In: KARWOSKI, A. M;

GAYDECZKA, B.; BRITO, K. S. (Org.). Gêneros textuais: reflexões e ensino. São Paulo: Parábola Editorial, 2011.

DONIS, A.D. Sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

FRASER, T. O guia completo da cor. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2007.

GAGNIN, A.L. Os quadrinhos: Linguagem e Semiótica. São Paulo: Criativo, 2015.

GENETTE, G. Palimpsestes. La littérature au second degré. Paris: Editions du Seuil, 1982.

GROENSTEEN, T. Système de la bande dessinée. Paris, Presses Universitaires de France, 1999.

HEMAIS, B. Multimodalidade: enfoque para o professor de ensino médio Rio de Janeiro: Janela de Ideias, 2010.

LEBRUN, Monique (coordenação), LACELLE, Nathalie & BOUTIN, Jean-François. La littératie médiatique multimodale: de nouvelles approches en lecture. Québec: Presses de l’Université du Québec, 2012.

LEPRINCE de BEAUMONT, J.-M. La Belle et la Bête et autres contes. Italie: Éditions Larousse, 2011.

___________ A Bela e a Fera. 1.ed. Tradução Marie – Hélène Catherine Torres; Ilustrações de Laurent Cardon São Paulo: Poetisa, 2014.

L’HERMENIER, LOOKY, DEM. La Belle et la Bête, volume 1/2. France: Bamboo Édition, 2014.

L’HERMENIER, LOOKY, DEM. La Belle et la Bête, volume 2/2. France: Bamboo Édition, 2015.

MCCLOUD, S. Desenhando Quadrinhos. São Paulo: M Books do Brasil Editora, 2008.

NASCIMENTO, R. G.; BEZERRA, F. A. S.; HEBERLE, V. M.. “Multiletramentos: iniciação à análise de imagens”. Linguagem & Ensino, v. 14, n. 2, p. 529-552, 2012.

PLAZA, J. Trandução Intersermiótica. São Paulo: Perspectiva, 2003.

RODRIGUES, V. S. Histórias em quadrinhos X Ensino de Literatura: por um projeto de formação de leitores menos “quadrados”. (2013). Folhas. Grau (Dissertação) (Mestrado em Letras)- Faculdade de Letras – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2013.

SODRÉ, M. A Ficção do tempo. Petrópolis: Editora Vozes Ltda, 1973.

TODOROV, T. Introdução à Literatura Fantástica. São Paulo: Editora Moraes, 2014.

VIEIRA, E. V. C. Das apropriações literárias: algumas considerações a respeitos da literatura e do suplemento de Derrida. Minas Gerais: Em Tese, V. 16, nº 13, 2010.

VILLENEUVE, G-S. de. La Belle et la Bête. Paris: Éditions Gallimard, 2010.

_____ “A Bela e a Fera In: A Bela e a Fera. Rio de Janeiro: Zahar: 2016, p. 59-233.

Downloads

Publicado em

14 de outubro de 2023

Como Citar

ROCHA, D. A. da .; GHIRARDI, A. L. R. . Do conto à quadrinização: impactos narrativos da transposição multimodal de La belle et la bête. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 7, n. 2, p. 154–182, 2023. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/1538. Acesso em: 13 abr. 2024.

Seção

A tradução e suas linguagens