Hip-hop Lear: referências intermidiáticas da peça Rei Lear (1606), de Shakespeare, no seriado Empire – Fama e Poder (2015 –)

Autores

Palavras-chave: Intermidialidade, Shakespeare, Rei Lear, Televisão americana, Empire

Resumo

DOI: https://dx.doi.org/10.35572/rlr.v9i3.1793

Este artigo se propõe a demonstrar as referências intermidiáticas da peça Rei Lear (1606), de William Shakespeare, presentes na estrutura temática do seriado Empire – Fama e Poder (2015–, FOX), concebido por Lee Daniels e Danny Strong. Nossa hipótese de trabalho se fundamenta no reconhecimento de correspondências premeditadas entre as estruturas de composição do texto shakespeariano e as estruturas de composição da narrativa seriada em questão. A partir do mecanismo de espelhamento temático utilizado pelos autores do seriado, de amplo e notório conhecimento público, buscamos apresentar as similaridades entre estes objetos, utilizando, para isso, dos préstimos teóricos dos estudos sobre a intermidialidade – sobretudo os realizados por Irina Rajewsky (2012) –, e direcionados, especificamente, aos estudos literários. Para ilustrar, de forma geral, o processo de mobilização de referências intermidiáticas à obra de Shakespeare, apresentamos uma breve introdução sobre as relações entre a televisão americana e o dramaturgo inglês, assim como uma mostra dos produtos culturais que compõem a nossa proposta de diálogo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Fernandes Lima, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Mestrando em Letras pelo Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Lavinia Silvares, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Doutora pela área de Estudos Linguísticos e Literários em Inglês - Departamento de Letras Modernas, USP. Desde 2009, é Professora de Literaturas de Língua Inglesa no Departamento de Letras da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Referências

BLOOM, H. (Org). Bloom’s modern critical interpretations: King Lear – new edition. New York: Bloom’s Literary Criticism, 2010.

DANIELS, L. & STRONG, D. Empire 1×01 (Pilot). 2015. Disponível em: [scripts.tv-calling.com/script/fox-empire-1x01-pilot/]. Acesso em 16/04/2020.

FISCHLIN, D. (editor). OuterSpeares: Shakespeare, intermedia, and the limits of adaptation. University of Toronto Press, 2014.

FRYE, N. Sobre Shakespeare. São Paulo: Edusp, 2011.

GARBER, M. B. Shakespeare after all. New York: Anchor Books, 2005.

MARTIN, B. Homens difíceis: os bastidores do processo criativo de Breaking Bad, Família Soprano, Mad Men e outras séries revolucionárias. 1ed. São Paulo: Aleph, 2014.

RAJEWSKY, I. O. Intermidialidade, intertextualidade e ‘remediação’: uma perspectiva literária sobre a intermidialidade. In: DINIZ, T. F. N. (Org.). Intermidialidade e estudos interartes: desafios da arte contemporânea. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012a. pp. 15-45.

___________. A fronteira em discussão: o status problemático das fronteiras midiáticas no debate contemporâneo sobre intermidialidade. In: DINIZ, T. F. N. & VIEIRA, A. S. (Org.). Intermidialidade e Estudos Interartes Desafios da Arte Contemporânea Vol. II. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2012b, 51-74.

SHAKESPEARE, William. O Rei Lear. Porto Alegre: L&PM, 2015. Tradução de Millôr Fernandes.

WHITMIRE, Kendra Ann. The Uses of Shakespeare on American TV (1990-2010). 2011. 194 f. Dissertação de Mestrado – Master Of Philosophy at Shakespeare Institute: Department Of English – College Of Arts And Law, University Of Birmingham, Birmingham.

ZUCKERMAN, Esther. Danny Strong on ‘Empire’: ‘King Lear’ Meets ‘Hip Hop’ Meets ‘Dynasty’. Disponível em: [www.theatlantic.com/culture/archive/2014/05/danny-strong-on-empire-king-lear-meets-hip-hop-meets-dynasty/370067/] Acesso em 16/03/2020.

Downloads

Publicado em

26 de setembro de 2023

Como Citar

LIMA, G. F. .; SILVARES, L. . Hip-hop Lear: referências intermidiáticas da peça Rei Lear (1606), de Shakespeare, no seriado Empire – Fama e Poder (2015 –). Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 9, n. 3, p. Port. 124–139 / Eng. 121, 2023. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/1207. Acesso em: 19 abr. 2024.

Seção

Dossiê: Intermidialidade e referências intermidiáticas