Between the concrete and the invisible: the space of the house in the narrative of Natalia Ginzburg

Autores

  • Ionara Satin São Paulo State University

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.7909633
Palavras-chave: Espaço, Literatura Italiana, Natalia Ginzburg

Resumo

Em ensaio intitulado Il figlio dell’uomo publicado primeiramente no jornal Unità em 1946, Natalia Ginzburg afirma que a sua geração está perto da substância das coisas. Esta frase poderia ensejar todos os seus escritos. A narrativa de Ginzburg é extremamente ligada ao concreto, ao palpável, ao cotidiano. Sua escrita segue o ritmo de uma respiração, sem contornos rebuscados, períodos cadentes ou lirismo açucarado. Ainda assim, camuflado nessa naturalidade, parece esconder-se uma certa profundidade do discurso, que ultrapassa as barreiras do visível, da superfície. Talvez não exatamente camuflado ou escondido, mas resultado de um ritmo de escrita e de escolhas precisas. Pensando nessa substância das coisas, esta pesquisa pretende analisar o símbolo mais evidente nos textos de Natalia Ginzburg: a casa. O objetivo deste estudo é analisar o espaço narrativo e temático da casa em três romances da escritora, La strada che va in città, Lessico Famigliare e La città e la casa, tentando buscar entender a importância desse espaço na construção de sua narrativa e em que medida a forma como ela apresenta a casa pode mostrar/esconder a profundidade de seu discurso. Para isso, serão de extrema importância os estudos de Antonio Dimas (1987), Gaston Bachelard (2000) e Luis Alberto Brandão (2013) sobre o espaço narrativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ionara Satin, São Paulo State University

PhD in Letters from São Paulo State University (UNESP), School of Sciences and Languages in Assis with an exchange of studies at Università degli Studi Roma Tre. Currently develops postdoctoral research in the area of Italian Literature by the program of School of Sciences and Languages in Araraquara (UNESP/ FCLAr).

Referências

SATIN, Ionara. Between the concrete and the invisible: the space of the house in the narrative of Natalia Ginzburg. Revista Letras Raras, v. 12, n. 1, p. 115-136, apr. 2023.

Downloads

Publicado em

29 de abril de 2023 — Atualizado em 29 de abril de 2023

Versões

Como Citar

SATIN, I. Between the concrete and the invisible: the space of the house in the narrative of Natalia Ginzburg. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 12, n. 1, p. 115–136, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.7909633. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/441. Acesso em: 13 abr. 2024.

Seção

Artigos de temas livres