A encenação do ato de pintar em Courbet: L’Atelier du peintre

Autores

Palavras-chave: Gustave Courbet, Marianne Nahon, Pintura, Teatro, Quadro vivo

Resumo

DOI: https://dx.doi.org/10.35572/rlr.v9i3.1827

O presente artigo analisa, sob uma perspectiva dos estudos da intermidialidade, as referências intermidiáticas presentes em Courbet: L'Atelier du peintre [Courbet: O ateliê do pintor], trabalho realizado por Marianne Nahon. O livro, constituído de um texto e ilustrações do artista Charles Matton, configura-se como um objeto complexo que envolve tanto a transposição, quanto a combinação de mídias e as referências intermidiáticas, como definidas por Irina Rajewsky, e que serão o foco principal desta reflexão. O referencial teórico é também constituído pelos estudos de Walter Moser a respeito das relações entre as artes e a ênfase em sua midialidade. Nosso objetivo é identificar essas referências – em especial à pintura e ao teatro – e avaliar em que medida elas participam, por meio de descrições narrativizadas, do processo de formação de tableaux vivants, quadros vivos literários que colocam em cena o ato de pintar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Arbex, UFMG

Doutora em Literatura Francesa pela Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3 e pesquisadora pelo CNPq. Professora Titular da Faculdade de Letras da UFMG, onde atua no Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários, desenvolvendo pesquisas na linha Literatura, Artes e Mídias. Publicou diversos artigos nessa linha e coorganizou coletâneas, dentre as quais Escrita, som, imagem: perspectivas contemporâneas (2019); Espaços de criação: do ateliê do pintor à mesa do escritor (2015); Interartes (2010); e Poéticas do visível: ensaios sobre a escrita e a imagem (2006). É autora de Sobrevivências da imagem na escrita: Michel Butor e as artes (2020) e Alain RobbeGrillet e a pintura: jogos especulares (2013). Traduziu, com Vera Casa Nova, obras de G. Didi-Huberman. É membro dos grupos de pesquisa CRIalt - Centre de recherches intermédiales sur les arts, les lettres et les techniques, Université de Montréal; CEEI - Centre d'Étude de l'Écriture et de l'Image, Université Paris Diderot; Intermídia, UFMG/CNPQ

Izabela Baptista do Lago, UFMG

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Estudos Literários da UFMG, desenvolvendo pesquisas na linha Literatura, Artes e Mídias, com bolsa da CAPES. É Mestre em Teoria da Literatura e Literatura Comparada e Bacharel em Francês e em Direito, pela mesma universidade. Membro do Grupo de pesquisa Intermídia (UFMG/CNPQ), desenvolve pesquisas sobre Literatura Francesa e artes visuais. É coorganizadora de Espaços de criação: do ateliê do pintor à mesa do escritor (2015) e publicou diversos artigos sobre narrativas de artista e estudos intermidiáticos

Referências

ARBEX, Márcia; LAGO, Izabela Baptista do. Espaços de Criação: do ateliê do pintor à mesa do escritor. Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2015.

BARBE, Noël. L’Atelier de Courbet. Une énonciation du travail du peintre. Le travail en représentations. 2005, Paris, France. Editions du CTHS, pp.495-514, 2005.

BARED, Robert; PERNAC, Natacha. La Peinture représentée : allégories, ateliers, autoportraits. Paris : Hazan, 2013.

CLÜVER, Claus. Inter textos/ Inter artes/ Inter media. In: Aletria, Revista de estudos de Literatura, 14, de jul-dez 2006. p 11-41.

FERRIER, Jean Louis (org.). L'aventure de l'art au XIXe siècle. Peinture, sculpture, architecture. Paris : Éditions du Chêne, 1991.

GAUSSEN, Frédéric. Le Peintre et son atelier : les refuges de la création. Paris : Parigramme, 2006.

HOEK, Leo H. A transposição intersemiótica: por uma classificação pragmática. Trad. Márcia Arbex e Frederico Marques Sabino. In: ARBEX, M. (Org.), Poéticas do visível: ensaios sobre a escrita e a imagem. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006. p. 167-189.

LOUVEL, Liliane. Nuanças do pictural. Trad. Márcia Arbex. In: DINIZ, Thaïs Flores Nogueira (org.). Intermidialidade e estudos interartes: desafios da arte contemporânea. Vol.1. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012. p.47-69.

MOSER, Walter. As relações entre as artes: por uma arqueologia da intermidialidade. Aletria: Revista de estudos de Literatura, Belo Horizonte, v. 14, jul-dez 2006. p. 42-68.

NAHON, Marianne. Courbet: L'Atelier du peintre. Peintures et dessins de Charles Matton. Paris, La Différence, 2008.

OLIVEIRA, Solange Ribeiro de. O texto traduzido: a reciclagem literária. In: Perdida entre signos. Literatura, artes e mídias, hoje. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG. Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários, 2012, p. 53-61.

PAVIS, Patrice. Dicionário de teatro. São Paulo: Perspectiva, 1999.

RAJEWSKY, Irina O. Intermidialidade, intertextualidade e “remediação”: uma perspectiva literária sobre intermidialidade. Trad. Thaïs F. N. Diniz e Eliana L. de L. Reis. In: DINIZ (Org.), Intermidialidade e Estudos Interartes, vol.1. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012. p.15-45.

Downloads

Publicado em

26 de setembro de 2023

Como Citar

ARBEX, M. .; LAGO, I. B. do . A encenação do ato de pintar em Courbet: L’Atelier du peintre. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 9, n. 3, p. Port. 58–71 / Eng. 58, 2023. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/1203. Acesso em: 19 abr. 2024.

Seção

Dossiê: Intermidialidade e referências intermidiáticas