Mulheres empreendedoras, do terceiro mundo, multitarefadas

Autores

  • Greicy Juliana Moreira UEM
  • Dulce Elena Coelho Barros Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Palavras-chave: Mulheres de terceiro mundo, Empreendedoras, Multitarefadas, Arrimos de família

Resumo

DOI: https://dx.doi.org/10.35572/rlr.v7i2.997

Este   trabalho   apresenta   os   resultados   de   uma   pesquisa   qualitativa-interpretativa,   realizada   por   meio   de questionário  semi-estruturado,  com  mulheres  empreendedoras,  que,  não  obstante,  desempenham  o  papel  de arrimo de família, ou seja, mantêm a casa financeiramente e são gestoras com excelência. O objetivo, portanto, é investigar  o  universo  feminino  da  mulher  gestora  empreendedora  e  mantenedora  do  lar.  Além disso,  verificar como elas entendem-se como profissionais e ainda, compreender quais são as maiores dificuldades apresentadas no  contexto  profissional  X  pessoal.  Assim,  essa  pesquisa  será  desenvolvida  sob  o  aporte  teórico  da  crítica feminista   do Terceiro mundo, como por exemplo, Mohanty (2003), Davis (2016), dentre outros. Os resultados desse estudo mostram que o caminho trilhado para chegarem onde estão foi árduo e continua sendo, uma vez que manter uma empresa funcionando  e dar  conta da vida pessoal,  dividindo o tempo entre família e serviço não é fácil. Além disso, elas manifestaram orgulho por conseguir sua independência financeira, prover o sustento da casa,  contudo  disseram  também  ser  uma  responsabilidade  muito  pesada.    Dessa  forma,  o  presente  estudo contribui  como  instrumento  para  formulação  de  ações  e  políticas  públicas  em  prol  do  universo  feminino, auxiliando  na  diminuição  das  diferenças  de  gênero  e  promovendo  melhorias  sociais,  com  destaque  para  as mulheres que são mantenedoras financeiras do lar, melhorando suas condições de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Greicy Juliana Moreira, UEM

Mestranda em Teoria do Texto e do Discurso-UEM, Maringá, Paraná, Brasil.

Dulce Elena Coelho Barros, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Doutora em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB). É professora Adjunta na Universidade
Estadual de Maringá (UEM). Faz parte do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Letras da
Universidade Estadual de Maringá (UEM), na linha de estudos do texto e do discurso.

Referências

DAVIS, Angela. Mulheres, Raça e Classe. Tradução de Heci Regina Candiani. São Paulo: Boitempo, 2016

MOHANTY, Chandra Talpade. Under the Western Eyes Revisited: Feminist Scholarship and Colonial Discourses In: . Feminism Without Borders: Decolonizing Theory, Practicing Solidarity. Duke University Press, 2003.

Downloads

Publicado em

14 de outubro de 2023

Como Citar

MOREIRA, G. J. .; BARROS, D. E. C. . Mulheres empreendedoras, do terceiro mundo, multitarefadas. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 7, n. 2, p. 321–337, 2023. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/1547. Acesso em: 13 abr. 2024.

Seção

Artigos de temas livres