Queer Africa: literature as art of resistance

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8049533
Palavras-chave: Literaturas africanas queer, Literatura de resistência, Queer Africa: New and Collected Fiction, Queer Africa 2: New Stories

Resumo

A discussão sobre a literatura como espaço ficcional de resistência em contextos de opressão na vida é bastanterica. Nessa esteira, encontram-se obras literárias de autores/as africanos/as que representam corpos queer emespaços ficcionais em que, na vida, são marcados pela homofobia e/ou criminalização da homossexualidade. Esteartigo tem o objetivo, portanto, de apresentar, tematicamente, as coletâneas Queer Africa: New and CollectedFiction e Queer Africa 2: New Stories. Para tal, discutimos o contexto de criminalização da homossexualidade nospaíses de nascimento dos/as autores/as dos contos e trouxemos para o debate pesquisadores/as africanos/as eafricanistas que discutem como a teologização e a politização do discurso religioso, segundo o qual pessoas queersão pecaminosas e destituídas da graça de Deus, e do discurso da tradição, segundo o qual a homossexualidade éum produto do ocidente e, portanto, un-African, buscam a permanência do status quo nesses países. Durante aanálise temática dos contos e da análise do conto “Pub 360” a partir da teoria do romance de Bakhtin, percebemosque os/as contistas trouxeram para o mundo ficcional a representação não só dos conflitos vividos por personagensque descobrem ou vivem a sua sexualidade em meio a contextos homofóbicos ou criminalizantes, mas também osamores e as paixões de casais que vivem e exploram a sua sexualidade no seu cotidiano; ou seja, são asexperiências humanas e humanizadoras de corpos queer representados nos contos que tornam essas coletâneasarte de resistência não só pela representação que faz, mas pela sua própria existência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

JÚNIOR, Orison Marden Bandeira de Melo. PINHEIRO, Vanessa Neves Riambau. ‘Queer Africa’: literature as art of resistance. Revista Letras Raras. Campina Grande, v. 11, n. 4, p. 136-157, dez. 2022.

Downloads

Publicado em

29 de dezembro de 2022

Como Citar

MARDEN BANDEIRA DE MELO JÚNIOR, O.; NEVES RIAMBAU PINHEIRO, V. Queer Africa: literature as art of resistance. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 11, n. 4, p. 136–157, 2022. DOI: 10.5281/zenodo.8049533. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/765. Acesso em: 19 abr. 2024.

Seção

Artigos de temas livres

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.