LETRAMENTO CIENTÍFICO E ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8020918

Resumo

Este número da Revista Leia Escola resulta das ações empreendidas no I Encontro - Letramento Científico na Educação Básica, evento acadêmico online, realizado em 27 de maio de 2022. Em relação ao alcance do objetivo proposto o evento foi profícuo, na medida em que propiciou a socialização da discussão sobre (1) ciência e divulgação científica e o papel desta de possibilitar a prática democrática de evidenciar conhecimento científico para o público não especializado, de forma ativa e participativa; (2) o trabalho com a divulgação científica em sala de aula de Língua Portuguesa, a partir da discussão sobre o papel da linguagem, em especial dos gêneros textuais, nessa tarefa. Entretanto, a pouca participação de professores da Educação Básica neste evento evidenciou o distanciamento, e por consequência, o desconhecimento do tema por parte desse público-alvo, tornando-se necessárias iniciativas com vista ao estreitamento da interlocução entre a instância formadora e a de ensino. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CUNHA, R. B. O que significa alfabetização ou letramento para os pesquisadores da educação científica e qual o impacto desses conceitos no ensino de ciências. Ciência & Educação, Bauru (SP), v. 24, n. 1, p. 27-41, jan. 2018.

KLEIMAN, A. B. Introdução: o que é letramento. Modelos de letramento e as práticas de

alfabetização na escola. In: KLEIMAN, A. B. (org.) Os significados do letramento: uma

nova perspectiva sobre a prática social da escrita. Campinas, SP: Mercado das Letras, 1995. p.15-61.

FARAH, Bárbara de Freitas Educação científica de professores de língua em formação inicial construída em relatórios de iniciação científica. Tese. Programa de Pós-graduação (Doutorado) em Ensino de Língua e Literatura, Universidade Federal do Tocantins – Câmpus de Araguaína, 2022.

MOTTA-ROTH, D. Letramento científico: sentidos e valores. Notas de Pesquisa , Santa

Maria (RS), v. 1, n. 0, p. 12-25, 2011

NORRIS, S. P.; PHILLIPS, L. M. How literacy in its fundamental sense is central to scientific literacy. Science Education, New York (NY), v. 87, n. 2, p. 224-240, mar. 2003.

REIS, Aylizara Pinheiro dos. Educação científica apreendida em tipologias de pesquisa sobre concordância verbal: cartografando percursos investigativos no ProfLetras. Tese 267 f. Curso de Pós-Graduação em Ensino de Língua e Literatura (Doutorado) – Universidade Federal do Tocantins – Câmpus de Araguaína .2022.

SANTOS, W. L. P. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social:

funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação , Rio de Janeiro (RJ), v. 12, n.36, 474-492, set./dez. 2007.

SILVA, W. R.; CORDEIRO, M. R.; FARAH, B. F.; MORAES, C. W. R.; SOUSA, D. L.;

SILVA, L. L. S.; MENDES, V. C. B. B. Ciência nas licenciaturas? Linguagem: Estudos e Pesquisas, Catalão (GO), v. 22, n. 1, p. 83-108, jan./jun. 2018.

SILVA. Jonathan Zotti da. Contribuições dos estudos brasileiros de letramento científico para as práticas de pesquisa na educação básica. Dissertação.171 f. Programa de Pós-Graduação. Instituto de Letras. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2020.

Downloads

Publicado em

10 de junho de 2023

Como Citar

REINALDO , M. A. de M. .; RIBEIRO , R. M. . LETRAMENTO CIENTÍFICO E ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA. Revista Leia Escola, Campina Grande, v. 23, n. 1, p. 06–12, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.8020918. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/leia/article/view/737. Acesso em: 20 jul. 2024.

Seção

Apresentação