A FORMAÇÃO DOCENTE NO CENÁRIO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA:

TRAÇOS HISTÓRICOS E DESAFIOS DA CONTEMPORANEIDADE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.10443668
Palavras-chave: Formação docente, Diretrizes Curriculares, Educação básica, Socialização profissional, Identidade Profissional

Resumo

Este artigo aborda reflexões sobre a formação docente diante da realidade brasileira contemporânea a partir das principais transformações que ocorreram no contexto histórico-educacional brasileiro. Optamos pela pesquisa qualitativa em educação, com levantamento bibliográfico e documental. Este estudo objetiva problematizar a docência e a formação inicial e continuada de professores no cenário da educação brasileira. As discussões apontam para as implicações do alinhamento das escolas e da formação docente às atuais Diretrizes Nacionais Curriculares de Formação de Professores com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), resoluções CNE/CP nº 02/2019 e CNE/CP nº 1/2020, e a importância de uma formação continuada com base na realidade escolar de modo a pensar a formação docente, como elemento na constituição da identidade profissional numa dimensão humana central.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiléia Curty de Oliveira, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo. Mestre em Gestão Pública pela Universidade Federal do Espírito Santo. Graduada em Letras e Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre. Atualmente, ocupa o cargo de Secretário Executivo na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) - Campus de Alegre. Tem experiência na área de Letras, Educação e Gestão Pública. Desenvolve estudos que inter-relacionam formação de professores, educação do campo, culturas e línguas.

Erineu Foerste, Universidade Federal do Espírito Santo

Pós-doutor na Erziehungswissenschaftliche Fakultät da Universtät-Siegen na Alemanha (UNISIEGEN - 2011). Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio - 2002). Mestre em Educação pela Universidade Federal de Goiás (UFG - 1996). Licenciado em Letras pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS - 1984). Professor Titular da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), vinculado ao Departamento de Linguagens, Culturas e Educação do Centro (DLCE/CE/UFES. É membro do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo (PPGE/UFES).

Referências

BRANDÃO, C. R. Prefácio. In FOERSTE, E. (org). Culturas, Parcerias e Educação do Campo. Curitiba: Appris, 1. ed., 2020, 421 p.

BRASIL. Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394/ 1996, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em 17 maio 2023.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais. Resolução nº 2, de 20 de dezembro de 2019. Disponível em: https://normativasconselhos.mec.gov.br/normativa/view/CNE_RES_CNECPN22019.pdf. Acesso em: 18 maio 2023.

BRASIL. Plano Nacional da Educação (2014 – 2024) - Lei n° 13.005/2014. Disponível em: https://pne.mec.gov.br/. Acesso em: 17 maio 2023.

BRASIL. Plano Nacional da Educação (2014 – 2024) - Lei n° 13.005/2014. Monitoramento e avaliação dos planos subnacionais de educação. Relatório do 3º Ciclo de Monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação – 2020. Disponível em: https://pne.mec.gov.br/. Acesso em: 17 maio 2023.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Superior 2020: notas estatísticas. Brasília, DF: Inep, 2022.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo Escolar da Educação Básica 2021: divulgação dos resultados. Brasília, DF: Inep, 2022.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994. 336p.

BOTO, C. António Nóvoa: uma vida para a educação. Seção entrevista. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 44, 2018.

CASTANHA, A. Os Métodos de Ensino no Brasil do Século XIX. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, v.17, n.4 [74], p.1054-1077, out./dez. 2017.

CURY, C. R. J. Os desafios da formação docente. Educar. Curitiba: Editora da UFPR, n. 18, p. 221-230, 2001.

FELIPE, E. da S. Novas diretrizes para a formação de professores: continuidades, atualizações e confrontos de projetos. Boletim ANPEd, agosto 2020. Disponível em: https://www.anped.org.br/news/novas-diretrizes-para-formacao-de-professores-continuidades-atualizacoes-e-confrontos-de. Acesso em: 17 maio 2023.

FOERSTE, E. Parceria na formação de professores. Revista Iberoamericana de Educación, 2004. Disponível em: https://rieoei.org/RIE/article/view/3547. Acesso em: 17 maio 2023.

GARCIA, E. F. O projeto pombalino de imposição da língua portuguesa aos índios e a sua aplicação na América meridional. Dossiê Tempo. Revista do Departamento de História da UFF, v. 12, p. 33-48, 2007.

GARCÍA, C. M. Desenvolvimento Profissional Docente: passado e futuro. Revista de Ciências da Educação, n. 8, jan./abr. 2009.

GARCÍA, C. M. Formação de professores para uma mudança educativa. Porto: Porto, 1999.

GATTI, B. A.; BARRETO, E. S. de S.; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de; ALMEIDA, Patrícia Cristina Albieri. Professores do Brasil: novos cenários de educação. Brasília: UNESCO, 2019.

GATTI, B. A. Formação de professores: condições e problemas atuais. Revista Internacional de Formação de Professores (RIFP), Itapetininga, v. 1, n.2, p. 161-171, 2016.

GATTI, B. A. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP: São Paulo, n. 100, p. 33-46, dez./jan./fev. 2014.

GATTI, B. A. Análise das políticas públicas para formação continuada no Brasil, na última década. Revista Brasileira de Educação, v. 13, n. 37, jan./abr. 2008.

HUBERMAN, M. O ciclo da vida profissional dos professores. In: NÓVOA, A. Vidas de professores. Lisboa: Porto Editora, p. 31-61, 1992.

IMBERNÓN, F. La formación y el desarrollo profesional del profesorado: hacia una nueva cultura profesional. 3. ed. Barcelona: Editorial Graó, 1998.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA - INEP. Adequação da Formação Docente. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/indicadores-educacionais/adequacao-da-formacao-docente. Acesso em: 26 julho 2022.

INSTITUTO SEMESP. Risco de apagão de professores no Brasil. Supervisão: Rodrigo Capelato, 2022. 41p.

LÜDKE, M.; A., M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986. 99 p.

NÓVOA, A. Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de Pesquisa, v.47, n.166, p.1106-1133, out/dez. 2017.

NÓVOA, A. Formação de professores e trabalho pedagógico. Educa, Lisboa, 2002.

NÓVOA, A. Os professores e suas histórias de vida. In: NÓVOA, A. (Org.). Vidas de Professores. Colecção Ciências da Educação, Porto: Porto Editora, v. 4, 1992.

NÓVOA, A. Profissão: Professor. Reflexões Históricas e Sociológicas. Análise Psicológica, 1-2-3 (Vol), p. 435-456, 1989.

OLIVEIRA, J. C. de; FOERSTE, E. A formação inicial de professores e seus principais marcos legais. XXIX Seminário Internacional de Formação de Professores para América Latina: democracia e diversidade: Anais Artigos Completos; 24, 25 e 26 de novembro de 2021 / Universidade Federal do Pampa, Bagé, RS: Unipampa, 2021. 976 p. Disponível em: https://eventos.unipampa.edu.br/29seminarioformprof/files/2022/03/anais-artigos-completos-final.pdf. Acesso em: 17 maio 2023.

ONU NEWS. Dia Mundial dos Professores alerta para falta de profissionais nas salas de aula. Disponível em: https://news.un.org/pt/story/2022/10/1803212%20. Acesso em: 17 maio 2023.

RIBEIRO, P. R. M. História da educação escolar no Brasil: notas para uma reflexão. Paidéia, Ribeirão Preto, v. 4, jul. 1993.

ROCHA, M. A. dos S. A Educação Pública antes da Independência. In: Caderno de formação: Formação de Professores Educação, Cultura e Desenvolvimento, v. 1, São Paulo, Cultura Acadêmica, 2010. 184 p.

ROMANELLI, O. História da educação no Brasil. 29. ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

SARTI, F. M. O curso de pedagogia e a universitarização do magistério no Brasil: das disputas pela formação docente à sua desprofissionalização. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 45, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/Fq6wr95GbRhTBBJW6wnDFmk/?lang=pt#. Acesso em: 17 maio 2023.

SAVIANI, D. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação. v. 14, n. 40, jan./abr. 2009. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/

article/view/5115. Acesso em: 17 maio 2023.

SAVIANI, D. Formação de Professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. GT-15: Educação Especial – ANPED. 2008. Disponível em: https://www.anped.org.br/biblioteca/item/formacao-de-professores-aspectos-historicos-e-teoricos-do-problema-no-contexto. Acesso em: 17 maio 2023.

SCHUTZ FOERSTE, G. M.; FOERSTE, E.; MERLER, A. Brasil no século XXI: desafios sócio-políticos na formação de docentes. Visioni LatinoAmericane, ano XII, n. 22, Gennaio, 2020. Disponível em: https://www.openstarts.units.it/handle/10077/29461. Acesso em: 17 maio 2023.

SOUZA, J. M. P. de; SENNA, L. A. G. Campos de silêncio sobre questões curriculares nas escolas de fronteira bilíngue no Brasil. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 19, n. 4, p. 1702-1721, out./dez., 2021.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2005.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: Elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação, n. 13, jan./fev./mar./abr., 2000.

TANURI, L. M. História da formação de professores. Revista Brasileira de Educação, n.14, p.61-88, 2000.

Downloads

Publicado em

31 de dezembro de 2023

Como Citar

OLIVEIRA, J. C. de; FOERSTE, E. A FORMAÇÃO DOCENTE NO CENÁRIO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA:: TRAÇOS HISTÓRICOS E DESAFIOS DA CONTEMPORANEIDADE . Revista Leia Escola, Campina Grande, v. 23, n. 2, p. 06–24, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.10443668. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/leia/article/view/2103. Acesso em: 20 jul. 2024.

Seção

Dossiê