Canção infantil e constituição do sujeito: uma análise a partir da perspectiva sociointeracionista

Autores

  • Maiara Taís Zydek Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Ana Cecilia Teixeira Gonçalves Universidade Federal da Fronteira Sul

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8044639
Palavras-chave: Constituição do sujeito, Interação, Interacionismo sociodiscursivo, Canção infantil

Resumo

O presente trabalho, voltado para a relação entre linguagem e desenvolvimento humano, teve por objetivo identificar, analisar e refletir sobre o processo de constituição do sujeito por meio do seu contato com canções infantis. Nesse sentido, o estudo foi realizado tendo por fundamento teórico o Interacionismo Sociodiscursivo (ISD), cujas principais referências são Vygotsky (1991) e Bronckart (1999; 2006; 2009) e a abordagem de Volochinov (2013). Assim, no que diz respeito aos procedimentos metodológicos, o corpus da pesquisa teve como recorte duas cantigas infantis de tradição popular, uma regravada pelo projeto “Os Pequerruchos” e outra regravada pelo projeto “Galinha Pintadinha: Terezinha de Jesus e O Cravo e a Rosa. No que diz respeito ao ISD, analisaram-se aspectos extralinguísticos, relacionados ao contexto de produção das canções, e linguísticos, como o plano global do texto, o conteúdo temático, os mecanismos de textualização, os actantes colocados em cena e os mecanismos de enunciação. Já tendo por base os pressupostos de Volochinov (2013), observaram-se pontos como auditório, espaço, tempo, objeto/tema, atitude dos falantes, som expressivo das palavras, seleção e disposição de palavras e intercâmbio enunciativo. A partir da análise, foi possível identificar aspectos comuns entre as duas cantigas analisadas: a temática gira em torno da mulher, das imposições e das avaliações sociais agregadas a ela e, ainda, traz fortes referências sobre a relação homem xmulher. Nesse viés, a criança é levada a construir ideias e constituir-se de maneira “dirigida” ou “manipulada”, uma vez que as canções tratam de assuntos repetidos e instituídos socialmente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ZYDEK, Maiara Taís. GONÇALVES, Ana Cecilia Teixeira. Canção infantil e constituição do sujeito: uma análise a partir da perspectiva sociointeracionista. Revista Letras Raras. Campina Grande, v. 11, n. 4, p. 9-35, dez. 2022.

Downloads

Publicado em

29 de dezembro de 2022

Como Citar

ZYDEK, M. T.; TEIXEIRA GONÇALVES, A. C. Canção infantil e constituição do sujeito: uma análise a partir da perspectiva sociointeracionista. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 11, n. 4, p. 9–35, 2022. DOI: 10.5281/zenodo.8044639. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/752. Acesso em: 19 abr. 2024.

Seção

Artigos de temas livres