RELAÇÕES DE CONTRAPONTO ENTRE TEXTO VERBAL E ILUSTRAÇÕES EM AMORAS (2018) DE EMICIDA

Autores

  • Maria Albenize da Silva Soares Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino - Universidade Federal de Campina
  • Márcia Tavares Programa de Pós-graduação em Linguagem e Ensino - Universidade Federal de Campina Grande https://orcid.org/0000-0003-3359-7766
  • Jane Cely Marques do Nascimento Programa de Pós-graduação em Linguagem e Ensino - Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8412299
Palavras-chave: Livro ilustrado, Personagem negro, Emicida

Resumo

O livro ilustrado para criança pode concentrar muitas possibilidades a partir do diálogo entre o texto verbal e o visual, carregando as leituras da obra de significados, narrando ações, usando de metalinguagens visuais ou simplesmente condensando representações de perfis em personagens específicos. A partir dessa premissa, esse artigo tem como objetivo identificar, na obra Amoras (2018), de Emicida, como a relação entre texto e ilustração possui potencial para contribuir para a formação leitora da criança negra.  Para isso, consideramos os estudos de Jovino (2006), Oliveira (2010), sobre infância e variáveis da manutenção de preconceitos, encontrados na linguagem verbal e não-verbal dos livros ilustrados. No que concerne a investigação sobre as funções da ilustração para a formação leitora e identitária, retomamos Debus (2017). E ainda, sobre o diálogo entre imagem e texto nos livros ilustrados para infância, tomaremos como pressupostos as considerações de Linden (2011) e de Nikolaveja e Scott (2011) sobre as relações dialógicas entre as linguagens que estruturam o livro ilustrado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL, Base Nacional Curricular Comum. 2016 .Disponível em:: 20 062021

CAMARGO, Luís. A ilustração do livro infantil. Belo Horizonte: Editora Lê, 1997.

COLOMER, Teresa. Introdução a Literatura Infantil e Juvenil Atual. Tradução Laura Sandroni.1°Ed. São Paulo: Global. 2017.

________. A Formação do leitor Literário. São Paulo: Global. 2003.

COELHO, N. N. Literatura Infantil: teoria, análise, didática. 6 ed. São Paulo: Ática, 1993.

DEBUS, Eliane. A temática da literatura africana e afro-brasileira na literatura para crianças e jovens. São Paulo. Cortez, 2017.

EMICIDA. Amoras. Ilus. Aldo Fabrini.1°Ed.São Paulo. Companhia das Letrinhas, 2018.

JOVINO, Ione da Silva. Literatura infanto-juvenil com personagens negras.In: SOUSA, Maria Forentina; LIMA, Maria Nazaré. (org) Literatura Afro-brasileira.Centro de estudos Afros Orientais: Salvador. Brasília: Fundação Cultural Palmares, 2006.

LINS, Guto. Fundamentos e técnicas da Arte de Ilustrar. OLIVEIRA, Rui de. A arte de Ilustrar livros para crianças e jovens. Rio de Janeiro. Ano XIX - n°7. Salto para o futuro/TV Escola (MEC). Junho 2009. Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/materiais/0000012187.pdf

LINDEN, S. V. Para ler o livro ilustrado. Tradução de Dorothée de Bruchard. São Paulo: Cosac Naify, 2011.

MAGALHÃES. L. C. e ZILBERMAN, R. Literatura Infantil: autoritarismo e emancipação. 3 ed. São Paulo: Ática, 1987.

NASCIMENTO, E. L.; GÁ L. C., (org). Adinkra: sabedoria em símbolos africanos. Rio de Janeiro: Pallas, 2009.

NIKOLAVEJA, Maria, SCOTT, Carole. Livro ilustrado: palavras e imagens. São Paulo: Cosac Naify, 2011.

OLIVEIRA, Maria Anória de Jesus. “Personagens Negros na literatura infanto-juvenil no Brasil e em Moçambique (2000-2007): entrelaçadas vozes tecendo negritudes” Tese (doutorado) – Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) João Pessoa-Paraíba. 2010.

PALO, Maria José e OLIVEIRA, Maria Rosa D. Literatura Infantil: voz de criança. São Paulo: Ática, 1986.

RAMOS, Graça. A imagem nos livros infantis - caminhos para ler o texto visual. São Paulo: Autêntica, 2011.

SILVA, Cristiane Costa da. Amoras de Emicida, A cor de Coraline de Rampazo e a formação de docentes: considerações para a luta antirracista. Dissertação (mestrado) Universidade Federal da Integração Latino-Americana. Programa de Pós-graduação em Literatura Comparada. Foz do Iguaçu. Paraná, 2022.

TAVARES, Márcia. Estratégia inferencial para ler o livro ilustrado. Revista Graphos, João Pessoa, Vol 21, nº1, p. 176-196, junho, 2019. DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.1516-1536.2019v21n1.46554

Downloads

Publicado em

10 de setembro de 2023

Como Citar

SOARES, M. A. da S. .; TAVARES, M. .; NASCIMENTO , J. C. M. do . RELAÇÕES DE CONTRAPONTO ENTRE TEXTO VERBAL E ILUSTRAÇÕES EM AMORAS (2018) DE EMICIDA. Revista 15 de outubro, Campina Grande, v. 1, n. 2, p. 39–55, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.8412299. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/r15o/article/view/1056. Acesso em: 13 abr. 2024.

Seção

Artigos