Subsunçores da língua materna no ensino da língua espanhola para alunos iniciantes

Autores

  • Simone Asfora Fernandes Gama Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Izabel Souza do Nascimento UFRN
  • Zenewton André da Silva Gama Universidad de Murcia
Palavras-chave: Ausubel, Subsunçores, Espanhol, Língua Materna

Resumo

DOI: https://dx.doi.org/10.35572/rlr.v4i3.470

Subsunçores da Língua Materna (SLM) são estruturas que podem favorecer a aprendizagem de uma segunda língua, funcionando como elo entre conceitos menos e mais conhecidos pelo estudante. Apesar de que se aconselha o menor uso possível da língua materna durante as aulas de idioma estrangeiro, ainda permanecem lacunas sobre a frequência de uso e relação dos SLM com a aprendizagem de alunos iniciantes. O objetivo deste estudo é descrever a utilização dos SLM no ensino de espanhol e sua associação com o desempenho acadêmico. O método foi observacional, descritivo e analítico e foi realizado no Instituto Ágora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Avaliaram-se seis turmas de espanhol no nível iniciante quanto ao número de SLM por hora/aula e o desempenho dos alunos (nota de 0-10 e número de faltas). Descreveram-se as características da amostra (idade, sexo, orientação sexual, vivência fora do país, conhecimento prévio do idioma, grau de escolaridade e motivação) e analisou-se a correlação entre a frequência de SLM e o desempenho mediante teste de correlação de Spearman. A média de idade dos alunos (n=39) foi de 25 anos e a maioria (55%) era mulher. A média de SLM nas aulas foi de 1,68 (amplitude 0-8). Não houve relação entre a utilização de SLM e a nota (r=-0,02), porém houve significativa relação (p<0,05) entre o número de SLM e o maior número de faltas às aulas (r=0,80). O estudo aponta para a não associação do SLM com a aprendizagem, mas deve ser confirmada em estudos maiores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Simone Asfora Fernandes Gama, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Estudante de graduação em Língua espanhola pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Izabel Souza do Nascimento, UFRN

Doutora em Linguística. Professora Adjunta III com dedicação exclusiva da UFRN desde 2009. Tem experiência em ensino de língua espanhola desde 1993. É pesquisadora da área de linguística aplicada com ênfase em metodologia do ensino de língua estrangeira estudando teorias cognitivas. Coordena projeto de ensino de língua estrangeira no Instituto Ágora/ UFRN com metodologias experimentais linguístico-cognitivas. 

Zenewton André da Silva Gama, Universidad de Murcia

Mestre e Doutor pela Universidad de Murcia (Espanha). Professor Adjunto do Departamento de Saúde Coletiva da UFRN, lecionando na graduação e na Pós-graduação. É membro permanente do programa de Mestrado Profissional Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde (PPG QualiSaúde UFRN/UMU/INSP), desempenhado as funções de coordenador e orientador.

Downloads

Publicado em

21 de outubro de 2023

Como Citar

GAMA, S. A. F. .; NASCIMENTO, I. S. do .; GAMA, Z. A. da S. . Subsunçores da língua materna no ensino da língua espanhola para alunos iniciantes. Revista Letras Raras, Campina Grande, v. 4, n. 3, p. 23–34, 2023. Disponível em: https://revistas.editora.ufcg.edu.br/index.php/RLR/article/view/1757. Acesso em: 22 maio. 2024.

Seção

Estudos sobre a Língua Espanhola: ensino e outras perspectivas